fbpx Skip to main content

 

 

7ª MOSTRA DE CINEMA CHINÊS DE SÃO PAULO, REALIZADA PELO INSTITUTO CONFÚCIO NA UNESP, ACONTECE DE FORMA ONLINE E GRATUITA, DE 15 A 30 DE NOVEMBRO

 

* Filmes exibidos e premiados em festivais consagrados como “As Galochas de Wangdrak”, de Lhapal Gyal, indicado ao Urso de Cristal no Festival de Berlim

 

*Disponível gratuitamente na plataforma do Centro Cultural São Paulo:

www. Plataforma: ccsplay.com.br

 

*Webinar com os diretores da animação “Reino de Terracota” indicado para o Golden Goblet de Melhor Filme de Animação no Festival Internacional de Cinema de Xangai

 


*ACESSE A PROGRAMAÇÃO

“China — luzes e sombras, sons e sonhos” é o tema da 7ª Mostra de Cinema Chinês de São Paulo, promovida pelo Instituto Confúcio na Unesp. O evento acontece de 15 a 30 de novembro, de forma online e GRATUITA para todo o Brasil. A programação conta com uma seleção de oito títulos contemporâneos e premiados que ficarão disponíveis na plataforma do Centro Cultural São Paulo (www.ccsplay.com.br) por todo o período do Festival e que não estão disponíveis em nenhum outro streaming no Brasil.

 

Com curadoria de Shi Wenxue, mestre em Ciências do Cinema pela Academia de Cinema de Pequim, e  Lilith Li, foi  coordenadora do Festival Internacional de Cinema de Macau, o evento  que aconteceu presencialmente na capital paulista em outubro, traz longas com narrativas multidimensionais que quebram barreiras e estereótipos culturais. “São obras que retratam o nosso tempo e a nova geração em histórias cheias de verdade e sentimento numa perspectiva genuinamente chinesa”, observam os curadores.

 

Na programação estão “As galochas de Wangdrak” de Lhapal Gyal,  indicado ao Urso de Cristal do Festival de Cinema de Berlim (Mostra Nova Geração) , a premiada animação “Reino de Terracota” de Ding Liang, Lin Yongchang, os diretores participarão de uma webinar  dentro da Mostra, “Chaogtu e Sarula” de Wang Rui, vencedor dos prêmios de melhor direção no 33º Golden Rooster Film Festival e Melhor Contribuição Artística no 32º Festival Internacional de Cinema de Tóquio Baseado no romance A Pastora” de Mo Yue, e “Quando a primavera chegar” de Li Gen, indicado ao Prêmio “White Mulberry” de Melhor Diretor Estreante, baseado numa experiência real do cineasta.

 

O evento realizado pelo Instituto Confúncio ainda traz Setenta e sete dias de Zhao Hantang, filme que ganhou mais de dez prêmios tanto no cinema nacional como internacional, “Adoração” de Yang Zi, selecionado para o Festival Internacional de Cinema de Busan (Coreia do Sul),  e os  documentários “O grande aprendizado” de Sun Hong, Wang Jing, Ke Yongquan, indicado ao Prêmio China Golden Rooster de Melhor Documentário,  e “Tive a lua nas mãos” de Cheng Tsun-shing, considerado um dos dez filmes mais influentes de 2020 na China e que conta a história de vida de Yeh Chia-ying ,  grande mestra da poesia clássica.

 

A Mostra de Cinema Chinês de São Paulo é uma realização do Instituto Confúcio na Unesp, em parceria com o Centro Cultural São Paulo e a Spcine. Ela se tornou uma atividade cultural de grande influência e referência para a promoção e divulgação do cinema chinês no Brasil.

Programação completa e sinopses dos filmes