fbpx Skip to main content

Chang'e voando para a lua

Cháng’é 嫦娥, em sua vida na Terra, era a esposa do habilidoso arqueiro Hòu Yì 后羿. Há muito, muito tempo, quando os pássaros-sol abrasaram o mundo em seus voos rasantes, o Imperador Celestial pediu a Hou Yi que os alvejasse com sua boa pontaria. Hou Yi eliminou nove dos dez pássaros-sol — poupou apenas um, para que não houvesse trevas, nem frio.

 

Como recompensa, recebeu a poção da imortalidade, na quantidade exata para ser compartilhada por duas pessoas. Mas cada uma só poderia ingerir metade do líquido. Hou Yi guardou a poção para pensar melhor como e quando a usaria. Um dia, Chang’e não resistiu à curiosidade e foi espiar o que o marido tinha guardado. Encontrou a poção e a ingeriu inteira. Como resultado, voou até a Lua, onde vive até hoje num palácio feito de gelo.

 

Sua única companhia é o Coelho da Lua, que prepara o elixir da imortalidade para os habitantes do Céu.